Fone: 98-3235-0594 ou 3268-7426

CASAS SAMPAIO - ONDE O MELHOR CUSTA MENOS!

CASAS SAMPAIO - ONDE O MELHOR CUSTA MENOS!
Clique e veja as novas instalações.

Projeto Sobre a COPA:

Alunos do C.E Jose Sarney (Bandeirantes) Apresentam projeto sobre a Copa.

Politica:

Ver. Hiater nega acordo e diz que continua firme na oposição.

FUGA:

Bandidos voltam a fugir da Cadeia Publica de Bom Jardim.

Policia:

Policia Militar recupera carro roubado em Bom Jardim instantes após o crime.

DESCASO

Moradores fazem abaixo-assinado contra CAEMA na Vila Sao Bernardo

terça-feira, 25 de novembro de 2014

CASO CONCURSO: Segundo advogado, Prefeitura tem até hoje (25) para chamar "excedentes" com mandados julgados.

Centenas de mandados de segurança impetrados na época.
Segundo o advogado Marcos Matos que é quem representa centenas destes concursados considerados pela prefeita municipal "excedentes" o caso deve ter um ponto final, pois segundo o informações que obteve no fórum local sobre o processo na justiça, a executiva teria o prazo de até hoje (25/11) para realocar estes que tiveram os mandados de segurança julgados em definitivo.

Caso não haja cumprimento da decisão do magistrado local, o advogado deve fazer uma representação confirmado que a decisão não foi cumprida para que se tome as medidas cabíveis pelo judiciário, porem acredita-se que a Prefeita cumpra a decisão e chame ainda hoje ou amanha os envolvidos no processo.

"Segundo informações não oficiais, o próprio advogado da prefeita já teria pego a relação de nomes dos que tem sentença julgado em definitivo para nomeação".

Vale relembrar também, que a decisão da justiça é somente para aqueles que impetraram mandados de seguranças e tiveram causa ganha no TJ, existe outros também que impetraram mandado mas por questão de tramites ainda não tem o processo julgado em definitivo.

Aos interessados, o advogado Marcos Matos avisa que é bom ficar de vigília e ficar atento a uma provável chamada para não haver manobras na "surdina" para uma perda de prazo, normalmente editais de chamada são colocados no mural da prefeita municipal, como foi feito da ultima vez.



www.bomjardimma.com

Índios cortam cabo de fibra ótica de operadora de telefonia, em Bom Jardim.

Índios Guajajaras cortaram um cabo de fibra ótica da operadora de telefonia Oi que passa por dentro da reserva indígena, no município de bom jardim, a 275 km de São Luís. Eles, também, se apoderaram de dois carros da empresa para fazer uma série de reivindicações.

O cabo de fibra ótica passa por dentro das aldeias, por isso, os índios resolveram cobrar das empresas melhorias para as comunidades. O documento elaborado pelos índios foi entregue aos representantes da empresa de telefonia em julho do ano passado, durante uma reunião na aldeia.

A demora em ter as exigências atendidas revoltou as comunidades indígenas que resolveram protestar. Os manifestantes cavaram até encontrar o cabo. Entre as exigências deles estão um orelhão com cabine padronizada e que faça ligações 0800, salas de computação equipadas com internet de graça, ampliação e reforma do posto de saúde da aldeia areão e, ainda, a construção de um posto de saúde para as aldeias tabocal e novo planeta.

A Oi informou que a empresa já está tratando do caso com os órgãos responsáveis e que não tem um levantamento de quantas pessoas e municípios estão sendo prejudicados pelo corte do cabo de fibra ótica, em Bom Jardim. Uma equipe da empresa já está avaliando os prejuízos da ação dos índios.

Do g1.com

NA PRESSÃO: Prefeita devolve parte dos salários dos Professores de Bom Jardim.

Prefeita Lidiane Rocha
Depois da greve dos professores sindicalizados, pressão, manifestações e até processo movido para bloqueio das contas do FUNDEB do município, a prefeita Lidiane Rocha não aguentou a pressão e devolveu na manha de hoje, 25/11 parte dos salários dos professores que haviam sido descontados sem nenhuma justificativa, para relembrar em alguns casos teve professor que teve mais de 500 reais descontado de seus proventos.

A meta foi um acordo entre a classe sindical e a prefeita da cidade na ultima sexta-feira (21), apesar de cumprir com o compromisso de devolver os salários, a questão da merenda escolar que era outra meta, ainda não foi regularizada.

Para o SINPROBEM, isso demonstra a força do movimento sindical na cidade, conforme já dito antes. Professores comemoram a grande vitoria sobre a perseguição politica da atual prefeita com a classe, dezenas de mensagens são publicadas nas rede sociais comentando o caso.

Apesar de devolver os salários que foram descontados, a prefeita Lidiane Rocha não justificou o porque fez isso anteriormente.

Publicidade.


www.bomjardimma.com




segunda-feira, 24 de novembro de 2014

E TOME OBRA: Em São João do Caru, Prefeito inaugura quadra poliesportiva na Zona Rural do município.

Pov. Santarem agora conta com quadra moderna para a
pratica de esportes.
Foi em meio a muita festa e diversão, que o Prefeito Jadson do Zezinho, inaugurou na manhã do dia (10), a quadra poliesportiva do Pov. Santarem. A quadra de Esportes foi construída em Parceria com o Governo Federal e irá contemplar os Alunos das Escolas Municipais, bem como toda à comunidade.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do prefeito Jadson do Zezinho, alguns vereadores, secretários municipais, seu pai Zezinho, sua mãe Elza, alunos e principalmente a comunidade. “É com muito esforço e dedicação que trabalhamos para promover as ações sociais do município e interiorizar o esporte através de quadras como esta é que levamos melhor qualidade de vida para as pessoas e incentivamos a prática esportiva para os jovens dessa comunidade”, disse o Prefeito Jadson, ressaltando a impor
Prefeito e seu pai inauguram a quadra da localidade.
tância das atividades esportivas para o município.

“Essa quadra mudou o cenário da nossa comunidade, agora estamos mais felizes com este local para a prática de esportes e de integração entre os moradores. disse um morador do Pov. Santarem.

Mais obras devem ser entregues à população caruense, reafirmando assim o compromisso da gestão do atual prefeito com a população em que governa.

Fotos: Francisco Sampaio, Clique aqui e veja mais. ou abaixo.








sexta-feira, 21 de novembro de 2014

AGORA: Prefeita de Bom Jardim recua, negocia com sindicato dos professores que suspende greve até terça-feira.

Prefeita recua e teoricamente acata reivindicação da
classe em greve.
Os Professores de Bom Jardim decidiram nesta sexta-feira (21) suspender até terça-feira (25) a greve nas escolas de Bom Jardim que já durava mais de uma semana. A decisão ocorreu após a bastante pressionada prefeita municipal Lidiane Rocha, procurar o sindicato para negociação e ceder a  todas suas reivindicações.

Segundo a pauta, a prefeita Lidiane Rocha se comprometeu a devolver os proventos dos professores que tinham sido subtraídos no ultimo pagamento, em alguns casos teve professor que teve mais de 50% de seus salários descontados, "Até agora mesmo com a reunião, não foi dada nenhuma justificativa". Ainda na pauta de reivindicações, a prefeita se propôs a normalizar toda a situação da merenda escolar até segunda-feira e posteriormente regularizar as aulas em todo o municipio, para isso, estudam a realocação dos excedentes do ultimo concurso que tem causa ganha no judiciário.

Para o SINPROBEM, a negociação foi um sucesso e demonstra a força do movimento sindical na cidade. "Isso é para mostrar para qualquer prefeito que entre nesta prefeitura que nossa classe merece ser respeitada" Esbravejou um dos lideres do movimento.
Publicidade.
Apesar dos acordos, a prefeita nao foi encontrada para assinar a ata da reunião, porem em conversa tinha se comprometido a assinar logo após retornar de uma viagem que tinha feito a cidade vizinha de Santa - Ines.

Todos os professores retornam às suas atividades nesta segunda-feira e aguardarão o lançamento de seus proventos até terça-feira, caso a prefeitura não cumpra com o combinado a classe volta ao estado de greve. A ação de bloqueio interposta pela categoria tambem continua ativa até o cumprimento do acordo pelo executivo municipal.

www.bomjardimma.com

BOMBA 2: Ministério Publico pede afastamento de prefeita por atos de improbidade em Bom Jardim.

Alem de irregularidades, oferta da educação na zona rural
é precaria.
O Ministério Público do Maranhão (MPMA), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Bom Jardim, ajuizou, no dia 20 de novembro, Ação Civil Pública (ACP) requerendo, em pedido liminar, o afastamento da prefeita do município, Lidiane Leite da Silva, por atos de improbidade administrativa.

A ação, movida pela promotora de justiça Karina Freitas Chaves, é justificada pelo descumprimento de decisão liminar, que determinou que o município de Bom Jardim providenciasse a regularização da oferta da educação infantil e do ensino fundamental na rede pública.

A decisão é referente a uma outra ACP ajuizada pela promotora de justiça, em 2013, e estabeleceu que a Prefeitura de Bom Jardim, dentre outras medidas, providenciasse, no prazo de 15 dias, a elaboração de um calendário especial de reposição de aulas; regularizasse o transporte e alimentação escolar; e buscasse o preenchimento de vagas para professor.

Apesar de regularmente citada, a ré não se manifestou e a referida decisão judicial continua sendo descumprida, com crianças e adolescentes ainda sem aula, sobretudo na zona rural.

A promotora explica que os agentes públicos possuem o dever legal de observar os princípios da administração pública. Ao descumprirem decisão judicial, incorrem em ato de improbidade administrativa, independente de prejuízo ao erário. "A requerida tem ciência da decisão judicial, bem como da gravidade do caso, haja vista que a educação pública é um serviço de caráter essencial e contínuo, que se converte em direito fundamental de todo e qualquer cidadão", ressaltou a promotora de justiça, na ação.

Além da perda da função pública por atos de improbidade administrativa, a ACP requer a aplicação das punições previstas pela Lei nº 8.429/92, tais como o ressarcimento integral do dano a ser apurado; a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos; pagamento de multa civil no valor de 100 vezes o valor da remuneração recebida e a proibição de contratar com o Poder Público.

NA JUSTIÇA: Sindicato dos Professores de Bom Jardim pede bloqueio das contas do FUNDEB do município.

O sindicato dos professores de Bom Jardim (SINPROBEM) ingressou com uma ação de obrigação a fazer solicitando o bloqueio das contas onde são depositados os recursos do Fundo Nacional de Educação Básica (Fundeb) recebidos pelo município, na tentativa de garantir o pagamento dos servidores da educação, que na maioria tiveram descontos superiores a 50%, até agora sem nenhuma justificativa da prefeita Lidiane Rocha, desrespeitando uma lei municipal.

Além de garantir o pagamento pendente, o sindicato pretende assegurar os vencimentos de dezembro, e o décimo terceiro salário, que inclusive se tem o medo do mesmo corte acontecer.

Segundo representantes do sindicato, a proposta protocolada se não for julgada com urgência pode causar prejuízos maiores aos professores.

Falando nisso, ontem 20/11 a categoria se reuniu com pais de alunos e explicaram os motivos da paralisação,  a categoria afirmou também que os professores irão permanecer em greve até o ressarcimento de seus salários e uma resposta sobre a falta de merenda e estrutura nas escolas.

Publicidade.

www.bomjardimma.com.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

BOMBA: Ministério Publico aciona prefeita de Bom Jardim por improbidade administrativa.

MPMA aciona prefeita de Bom Jardim por cortes
de sala rios sem nenhuma justificativa.
A Promotoria de Justiça de Bom Jardim ingressou, nesta quarta-feira, 19, com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra a prefeita Lidiane Leite da Silva. A ação foi motivada pela redução injustificada dos vencimentos dos professores da rede municipal no mês de outubro.

No último dia 13, a promotora Karina Freitas Chaves recebeu um ofício do Sindicato dos Profissionais do Magistério do Ensino Público Municipal de Bom Jardim, informando que a administração municipal havia suprimido valores dos vencimentos dos professores. O corte de salários não teve qualquer justificativa.

Ao tomar conhecimento da situação, a Promotoria passou a ouvir professores que confirmam e comprovam a diminuição dos vencimentos. Os valores suprimidos variam entre R$ 535,37 e R$ 590. Paralelamente, os professores têm tentado, diariamente, uma reunião com a prefeita Lidiane Leite da Silva para tratar da situação. A gestora, no entanto, não comparece à Prefeitura de Bom Jardim.

Na ação, a promotora Karina Freitas Chaves afirma que a Lei Municipal n° 567/2012 estabelece os salários dos professores da rede de ensino municipal. A redução dos vencimentos ferem essa legislação, além de ir de encontro aos princípios constitucionais da legalidade e da moralidade na administração pública, configurando ato de improbidade administrativa.

Se condenada, a prefeita Lidiane Leite da Silva estará sujeita ao ressarcimento integral do dano causado, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos, pagamento de multa de até 100 vezes o valor da remuneração recebida no cargo de prefeita, além da proibição de receber qualquer tipo de benefício ou incentivo do Poder Público, mesmo que por meio de empresa da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de três anos.

UMA NOVA ERA: Câmara de São João do Caru inaugura sede ampla, moderna e bonita ao povo caruense.

Presidente da Camara Junior e Prefeito Jadson descerram
plana inaugural. 
Com 20 anos de emancipação, é importante destacar que só neste governo existiu o compromisso e a coragem da construção da casa do legislativo caruense, que em toda cidade é conhecida como a casa do povo!

A Câmara dos Vereadores de São João do Caru inaugurou no último dia 10/11, a sua nova sede. O prédio é amplo com diversas salas e um plenário para as reuniões ordinárias e extraordinárias do Poder Legislativo. Além disso, o passo é importante, pois a sede do legislativo se desvincula de prédios anexos alugados, dando ainda mais credibilidade e autonomia para o trabalho dos vereadores.

Na cerimônia de inauguração estiveram presentes dezenas de pessoas, moradores de São João do Caru, além de autoridades como o Prefeito Jadson do Zezinho, ex Prefeito Edinaldo, entre outros. No descerramento da placa inaugural, estavam presentes, além do Presidente da Câmara, Junior Hercilio o Prefeito Jadson do Zezinho que deu total apoio do poder executivo para a construção da sede, assim descerraram a placa inaugural.

Sede, alem de moderna, traz conforto à galeria.
Em seguida, já no plenário da Câmara, o presidente Junior Hercilio abriu sessão solene ao lado do Prefeito de São João do Caru e vereadores.

O Presidente da camara Junior Hercilio destacou a importância do trabalho do legislativo em São João do Caru e da importância daquele momento. Para ele, a autonomia dos poderes executivo e legislativo mostra o respeito à constituição e ao povo, para o qual, de forma justa, os dois poderes trabalham em parceria. Além disso, reafirmou o compromisso com todos e disse que só a população ganha com mais este espaço público construído de forma transparente e com a participação de diversas lideranças políticas. Ao final parabenizou a todos pela
Sessão solene.
conquista.

Fruto de discussões, alguns vereadores oposicionistas de São João do Caru não eram a favor da construção, pois de uma certa forma, havia diminuição de proventos do legislativo, porem em parceria com o poder executivo, esse grande espaço democrático do poder legislativo em São João do Caru foi construído, mas uma conquista, um novo passo do novo governo caruense que vem trazendo benefícios a toda população.

www.bomjardimma.com com fotos de Francisco Sampaio. Clique Aqui e Veja Mais.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Sessão na Câmara de Bom Jardim é marcada por manifestação de professores. Veja como foi.

Professores reivindicam que Prefeita devolva parte de seus
salários em sessão da Camara Municipal.
Dezenas de professores sindicalizados estiveram na manha de hoje na Câmara Municipal de Bom Jardim, como base de manifestos durante toda a semana, exigindo a regularização de seus salários que na maioria de alguns teve cortes superiores a 50% onde até agora a prefeitura não se manifestou em que tese ou motivação fez para desrespeitar uma lei municipal.

A sessão de hoje tinha apenas uma pauta, a votação dos projetos de lei que autorizam a concessão de créditos suplementares ao município que segundo a prefeitura é para construção de UBS, somando os dois PL, o valor em questão ultrapassa a marca de um milhão de reais.

SESSÃO:

Apesar de ter tido apenas esta pauta, a sessão foi marcada mesmo por desabafos de vereadores na tribuna, discursos de integrantes da galeria e posições firmadas.

O primeiro orador foi o professor Aristides, que esbravejou sua indignação contra atual gestão, afirmando que o que aconteceu não foi um desconto, e sim um roubo. O professor tambem falou de boatos de um projeto de lei para diminuição de salários que apesar de não ser oficial tira o sono da classe. "Vereadores desta casa, vocês poderão fazer historia como defensores ou inimigos da educação" "Não voltaremos para sala de aula enquanto não devolverem nosso dinheiro que eles roubaram, se o ano ficar perdido não será culpa nossa" Desabafou o professor.

Ver. Manim não assina petição de compromisso com
o sindicato dos professores.
Outros professores e membros do sindicato também usaram a tribuna, destaques para os professores (a) Ligianny, Rogerio e Maranhao que explanaram e procuraram respostas pelo ocorrido, os mesmos também comentaram sobre a falta de merenda escolar, estrutura e comentaram uma planilha de gastos onde afirmam que não existe como ter 80% de gastos com folha. "Isso é mentira, não há explicação" Afirmou Prof. Rogerio. Os representantes da classe também criaram uma petição, e ao final todos os vereadores assinaram "exceto o vereador Manim" onde se comprometeram a não votarem em diminuição de salários dos professores, caso um dia este suposto projeto chegue na casa.

O Presidente da Camara, Dr. Silvano Andrade afirmou que não existe nenhum projeto que vise diminuir salários até o momento.

Desabafos:
Ver. Hiater, fala sobre sua posição.

O Vereador Hiater (PSB) afirmou que nunca, jamais voltará ao grupo da prefeita Lidiane Rocha, afirmou também que nunca votará em projeto que vise diminuir salários, "Meu compromisso é com a educação" disse Hiater. O vereador porem evitou declarar votos para uma eventual presidência da Camara Municipal e afirmou que em quem ele votar é independente de sua questão partidária.

Roberth assina petição e afirma ser oposição, apesar disso
não declarou seu voto para presidência da Camara.
O Vereador Roberth Meireles (PRTB) se mostrou bastante chateado em relação a alguns comentários publicados em redes sociais e na mídia, Roberth disse que independentemente de votação da camara continua na oposição, e que esta escolha em quem votar parte e cabe exclusivamente a ele, apesar de suas palavras o vereador não declarou seu voto. "Neste momento toda a galeria gritava pedindo: Não vota no Arão, não vota no Arão,!"

Para Chico do Braz (PSB), sua honra e dignidade de 5 mandatos na Camara não terminará por essas questões e quem nunca foi corrompido "precisamos é do voto da sociedade, não podemos compactuar com irregularidades, não sou a favor de diminuição de salários caso esse suposto projeto chegue aqui" disse Chico do Braz.

ADVOGADO DO SINDICATO FALA EM BLOQUEIO DE CONTAS DA PREF.

Adv. Dr. Marinel
O advogado do SINPROBEM, afirmou n
a sessão que vai pedir por meio do Ministerio Publico o bloqueio de contas do municipio para que seja ressarcidos os professores "Acredito na justiça, e tenho a certeza que reverteremos essa medida imoral, pediremos atraves de liminar para que as conta do municipio sejam bloqueadas, o império das leis devem prevalecer" Afirmou Dr. Marinel, advogado do SIPROBEM.



BASTANTE PRESSIONADO:

Ver. Arao.
O Ver. Arão passou por mal's bocados na sessão e visivelmente alterado pediu respeito da classe com a sua pessoa, disse que não é o executivo e que pr
ocurara resolver a questão e trazer uma resposta com a prefeita em uma reunião que segundo ele deve acontecer ainda amanha. "A prefeita vai receber o sindicato para dar explicações, mas sobre mim exijo respeito, como vou defender se só existe criticas?" Desabafou Arão.

DOBRADINHA:

Sandra e Marcony usaram seus tempos na tribuna para relembrarem seus compromissos como vereadores em defesa da população, Sandra em seu discurso longo, afirmou que está sempre pronta para que juntamente os professores defendam seus direitos, Sandra tambem falou de suas denuncias na Policia Federal e acredite em respostas ou intervenção do estado nos proximos dias.

Marcony por sua vez, voltou a falar de denuncias ja feitas ao judiciário onde pediu providencias imediatas, Marcony tambem disse apoiar a paralisação dos professores até que exista ressarcimento do salários da classe.

Os dois vereadores também usaram seu tempo para explicar o motivo de votarem contra o projeto de lei do executivo, Marcony disse que se nem o recurso do FUNDEB que é especifico pra educação está sendo aplicado, imagine o credito suplementar?. Já Sandra afirmou que este recurso deve ser pra justificar algum desvio de recurso da Prefeita ou então mesmo para fazer seu Natal"..

DE VOLTA:

Ver. Sonia
A ver. Sonia Brandão demonstrou apoio a classe dos professores em seu movimento, Sonia também fez questão de falar sobre a eleição da Camara, onde claramente repudiou a atitude de alguns colegas o
posicionistas em querer votar no candidato da Prefeita Lidiane Rocha, o ver. Arão. "Voce pode ter 12 votos, mas o meu não terá, uma administração que não respeita nem o professor nao é digna de meu voto, alias não deveria contar com o voto de ninguém". Afirmou Sonia,


Ao final das falas, o presidente da Camara, Dr. Silvano Andrade colocou em votação os 2 projetos de lei que estavam em pauta, acompanhe a votação:

Projeto de Lei nº 32: Aprovação de Credito Suplementar no valor de 960 mil reais para complementos na construção da UBS. - Reprovado por 6 votos contra, (Chico do Braz, Roberth, Hiater, Marcony, Sonia e Sandra) 2 obstenções (Poré e Manim) e 1 voto a favor (Arão).

Chico do Braz sinaliza-se a favor dos professores.
Projeto de Lei nº 33: Aprovação de Credito Suplementar no valor de 180 mil reais para complementos na construção da UBS. - Reprovado por 6 votos contra (Chico do Braz, Roberth, Hiater, Marcony, Sonia e Sandra), 2 a favor (Manim e Arão) e uma obstenção (Poré).

O Ver. Adriano Varão que se ausentou da sessão para cuidar de assuntos pessoais, disse que tambem votaria contra o executivo.

Assim, nova derrota do executivo na Camara Municipal, ao final da votação como não havia mais nada a tratar o presidente encerrou a sessão, e as discussões devem voltar na próxima terça. Já a classe dos professores continuam com a paralisação e aguardam respostas da prefeitura que até o presente momento não se manifestou sobre o caso.

www.bomjardimma.com


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

AGORA: Professores de Bom Jardim invadem Prefeitura e pressionam por ressarcimento de salários.

Professores cruzam os braços e ocupam o predio da prefeitura
de Bom Jardim.
Em protesto pelo corte de salários. A categoria está em greve há cerca de dois dias.

Um grupo de professores invadiu a Prefeitura de Bom Jardim na manhã desta sexta-feira (14). Eles reivindicam uma solução e o ressarcimento de seus salários que em alguns casos teve cortes sem nenhuma explicação de 50%.

O grupo afirmou que só sai da prefeitura após ser atendido pela prefeita Lidiane Rocha ou pelo "Prefeito" Beto Rocha, e principalmente quando tiverem seus salários devidamente em suas contas.

A ocupação no prédio da prefeitura foi informada ao Comando da Polícia Militar. De acordo com a policia, o movimento é pacífico e não há nenhuma ordem para retirar os grevistas do prédio.

O clima é tenso, e a qualquer momento traremos mais informações

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

EXCLUSIVO: Por suspensão de processo, Luciano Genesio terá que pagar 10.000 por ofensas e ilações inverídicas contra Juiz de Bom Jardim

Na época aliado de Beto Rocha, Luciano Genesio
terá que pagar mais de 10 mil reais ao Juiz local
por calunias a sua pessoa, quantia será
revertida a projetos
sociais.
O EX DEPUTADO JOÃO LUCIANO SILVA SOARES, CONHECIDO COMO “LUCIANO GENÉSIO”, FOI PROCESSADO CRIMINALMENTE PELO MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, NOS AUTOS DA AÇÃO PENAL Nº 29-71.2013.6.10.0078, QUE TRAMITA NA 78ª ZONA ELEITORAL DE BOM JARDIM, PELAS OFENSAS E ILAÇÕES INVERÍDICAS PROFERIDAS EM PALANQUE ELEITORAL, NO ÚLTIMO PLEITO MUNICIPAL DE 2012, CONTRA O JUIZ DE BOM JARDIM, DR. RAUL JOSÉ DUARTE GOULART JUNIOR, TENDO ACEITADO PAGAR, COMO CONDIÇÃO PARA SE SUSPENDER O PROCESSO A QUE RESPONDE UMA INDENIZAÇÃO DE R$ 10.000,00 (DEZ MIL REAIS), EM AUDIÊNCIA REALIZADA NA 76ª ZONA DE SÃO LUÍS/MA, INDENIZAÇÃO ESTA, DA QUAL ABRIU MÃO O MM. JUIZ, QUE A DIRECIONOU A ENTIDADE FILANTRÓPICA ATUANTE NESTE MUNICÍPIO, NO CASO O PROJETO VIDA, QUE NA PRESENTE DATA JÁ RECEBERA O VALOR INTEGRAL DE TAL INDENIZAÇÃO, QUE TANTO AJUDARÁ NAS IMPORTANTES ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO MESMO NESTA MUNICIPALIDADE. ALÉM DESTE PAGAMENTO O EX DEPUTADO SE OBRIGOU A:
A) NÃO SE AUSENTAR DA CAPITAL ONDE RESIDE, POR
PRAZO SUPERIOR A 30 (TRINTA) DIAS, SEM AUTORIZAÇÃO
JUDICIAL;

B) COMPARECER MENSALMENTE, ATÉ O 5º DIA ÚTIL DE
CADA MÊS, NA SEDE DO CARTÓRIO ELEITORAL DA 76ª ZONA
(SÃO LUÍS), PARA INFORMAR E JUSTIFICAR SUAS
ATIVIDADES.

SEGUE EM ANEXO, A ATA DA AUDIÊNCIA:



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Professores em estado de greve e concursados protestam em frente ao Forum e a Prefeitura de Bom Jardim.

Professores e Concursados
protestam em frente ao Forum de Bom Jardim.
O caos que vive a educação do município de Bom Jardim ganhou mais um novo episodio na manha de hoje (12/06). Quando duas manifestações se uniram em prol de um único objetivo, os direitos dos trabalhadores bonjardinenses.

Concursados.

Com cartazes, manifestates demonstram revolta contra
justiça e executivo de Bom Jardim.
Dezenas de concursados estiveram na manha de hoje fazendo um manifesto pacifico em frente ao Fórum de Justiça de Bom Jardim, a reivindicação era pra saber respostas do Juiz local Dr. José Raul Goulart Junior sobre a demora da prefeita em efetivar os servidores que tiveram mando de causa ganhos por mandados de segurança, segundo os manifestantes, os mesmo já deveriam está trabalhando desde o dia 14/10 porem até agora nada da prefeita efetivar alguém. "Queremos uma resposta do nosso Juiz, queremos saber porque quando é uma decisão a favor dela, em poucos dias já está resolvido, e no nosso caso é essa morosidade toda, queremos tratamento igual" Desabafou Regys, um dos lideres do movimento. "Sr. Juiz e Sr.ª Promotora ouçam nosso apelo, vejam os desmandos nesse município, não é possível que vocês não estão vendo” Disse outra manifestante. Já o professor Clebson disse que a morosidade do magistrado em relação ao processo pode deixar uma mancha negra na cidade. "Olhe para esse povo, não deixe que sua historia
na cidade seja marcada por uma mancha negra" Disse.

O Juiz local ouviu o apelo e recebeu um representante da classe onde disse que hoje ainda encaminhara a sentença para que a prefeita assine, ainda segundo o manifestante, o Juiz disse que não pode pegar na mão da executiva para ela assinar, porem afirmou que nos próximos dias tomara decisões jurídicas e severas caso a mesma não respeite a decisão, como intervenção do estado e até afastamento da executiva do cargo.

Após isso, a manifestação seguiu pelas principais ruas da cidade e foi parar no centro comercial, onde houve breves discursos, logo após, a manifestação seguiu até o prédio da Prefeitura Municipal.

Professores revoltados com cortes que chegam a mais de 30% de seus salarios. Greve pode ser deflagrada e profissionais afirmam que só voltar pra sala de aula após o ressarcimento de seus proventos!.

Prefeitura trancada a mando da Prefeita Municipal, revoltou
professores.
Fomos roubados, chamem a policia! esbravejavam os professores da rede municipal de Bom Jardim que seguiam em direção do prédio da Prefeitura Municipal, mas para surpresa de todos, a mando da Prefeita Lidiane Rocha a prefeitura encontrava-se fechada e um forte esquema de segurança formado pela Guarda e Policia Militar estava armado para impedir a entrada dos professores no recinto publico. (Segundo o Tenente Vinicius, a segurança era pra impedir possível dano ao erário publico, pois os animos encontravam-se exaltados dos manifestantes) Após uma série de negociações, entre Policia, Prefeitura e Sindicato ficou acordado que 5 pessoas teriam acesso para falar com algum representante do executivo, enquanto isso do lado de fora, os professores continuavam protestando em carro de som exigindo seus dinheiros de volta. "Foi descontando 400 reais do meu salario, do meu colega aqui mais de 500, sem motivo algum, isso aqui não trata-se de um desconto e sim de um roubo na cara limpa, cade as leis? vamos registrar B.O" desabafou uma professora. Após alguns minutos os representantes do Sindicato, Conselho Tutelar e o Ver. Marcony deram a noticia de que o "Prefeito" Beto Rocha os receberiam amanha para tratar do assunto, porem a classe aguardaria um oficio formal para que seja algo oficial, ainda segundo o Sindicato, o estado de greve vai permanecer até seus salários sejam ressarcidos, ou pelo menos até alguma decisão que seja favorável a classe.
O retrato do servidor publico
bonjardinense.

Até o fechamento desta matéria vários professores continuavam acampados em frente ao prédio da Prefeitura Municipal, que por algum motivo a Prefeita decidiu não haver expediente e liberou todos os funcionários.

www.bomjardimma.com


terça-feira, 11 de novembro de 2014

BOMBA: Professores de Bom Jardim farão paralisação amanha por atraso e corte irregular de salários.

Sindicato se reuniu hoje e decidiu fara paralisação amanha.
Em Bom Jardim, em assembleia-geral realizada nesta terça (11) ficou decidido que os professores da rede municipal de ensino irão fazer uma parada de advertência, amanha, quarta-feira dia (12) e não haverá aulas em nenhuma escola na cidade de Bom Jardim.

Não para por ai, ainda amanhã, os professores pretendem ir em caminhada pelas ruas do centro, até a sede da prefeitura. O objetivo é fazer um protesto para chamar atenção da Prefeita e da Secretaria de Educação. A movimentação acontecerá a partir das 8h em frente o Sindicato da categoria que fica próximo a promotoria de Justiça de Bom Jardim. 

Após a parada de advertência e consequentemente dos protestos, haverá uma nova reunião para decidir os rumos do movimento, caso não haja acordo com o Sindicato uma possível greve geral no ensino será deflagrada.

REVOLTA:

Os professores de Bom Jardim, durante a assembleia que tinha como objetivo discutir a regularização do pagamento sugerindo ao poder executivo a elaboração de um calendário de pagamento, tiveram uma surpresa, perceberam que seus proventos estavam saindo, mas com um desconto de mais de 30% de seus salarios, atropelando uma lei que foi aprovada na câmara municipal que é o plano de cargos, carreiras e salários, por isso, nao existe nenhuma justificativa para tal corte.

SAIBA MAIS:

A prefeitura tem até o 5º dia útil de cada mês para fazer o pagamento dos servidores municipais, porem a meses o executivo vem ultrapassando o prazo permitido em lei. Assim a reivindicação da classe é que alem do calendário os salários dos professores sejam ressarcidos.

O bomjardimma irá acompanhar amanha as movimentações e trará com exclusividade mais informações.

www.bomjardimma.com

POLITICA: Prof. Clebson vai concorrer a uma vaga no legislativo bonjardinense.

Prof. 
Continuando a série de pré candidatos a uma vaga de vereador para 2016. Professor Clebson Almeida, com um currículo vasto com duas formações superiores e três pós graduações.

Grande defensor da Educação e Cultura, foi diretor da maior escola do estado na cidade onde se destacou com sua austeridade e competência reestruturando e modernizando sua estrutura, expandiu o Ensino Médio, colocando salas anexo nos povoados para diminuir a evasão escolar. É diretor de uma Dança Indígena que foi criada em sua gestão e de um time de Futebol.

Defensor de um polo universitário e uma rede que projetos que vão da reforma curricular do EJAI( Educação de Jovens Adultos e Idosos) até a severa aplicação de cursos técnicos profissionalizantes.

Foi membro da comissão de frente que levou o nome de hoje Governador Eleito Flavio Dino, com quem tem afinidade por ser da Executiva de seu partido o PC do B.

Possui uma família grande e conhecida na cidade além de possuir um grande número de jovens que comungam com suas ideias.

Como citado, um vasto currículo que faz Clebson uma boa opção ao eleitorado bonjardinense, um amigo da juventude que ao me ver nunca mediu esforços para a propagação da classe principalmente quando foi diretor da escola estadual C.E.Gov. José Sarney. Vale destacar também suas amizades no meio social, sua residencia por exemplo, já foi palco de varias confraternizações e aniversarios de varias personalidades e grupos da cidade. Juntando tudo isso, é raro ou pelo menos desconheço um inimigo de sua pessoa, um candidato sem rejeição que em uma eleição que deve ser acirrada conta e muito para o exito nas urnas.

Prof. Clebson sempre manteve apoio a projetos voltados
para a juventude bonjardinense.
O empecilho da candidatura de Prof. Clebson deve ser mesmo o acordo familiar, pois o ex presidente da câmara Zé Filho que é seu cunhado tem pretensões reais de lançar seu filho Homero para também disputar a vaga. Outro fator que também pesa muito, foi a desistência de sua candidatura nas eleições passadas, onde na época, era também bem cotado para ser um dos 13 vereadores que compõe o legislativo atual. Porem, nestas eleições Clebson diz que não vai desistir e seguira firme com sua candidatura até o fim.

Em conversa. o mesmo disse que segue confiante, e acredita no apoio de amigos e familia. "Prego a união das oposições para tirar pessoas que não tem compromisso com o povo e restabelecer a harmonia e a paz em Bom Jardim". Disse.

www.bomjardimma.com

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Alegria e Paz marcaram o VIII Festival do Peixe do Pov. Rosario.

Nos dias 08 e 09 de Novembro a Prefeitura Municipal de Bom Jardim, através da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer, realizou o oitavo festival de verão do povoado Rosário (às margens do Rio Pindaré) zona rural que fica a cerca de 22 km da sede. O evento é uma tradição, mas pela primeira vez teve o apoio total da prefeitura local, que montou uma grande estrutura para poder proporcionar momentos de lazer e diversão à população.

Rodriguinho esteve presente durante todos os dias de evento.
A prefeitura contratou 4 bandas para poder fazer o agito do festival durante os dois dias. Groove Way, Samba Vip, Beijo de Menina e Forró Tô Solteiro. Como foi realizado do outro lado do Rio Pindaré, a Prefeitura disponibilizou uma balsa para poder fazer a travessia de carros, motos e pessoas, tudo isso de forma gratuita. 

Em conversa com nossa reportagem, Rodriguinho Rocha comentou está feliz em poder realizar um desejo antigo dos moradores do povoado Rosário. O Secretário também expressou gratidão a Prefeita Lidiane Rocha, e aos deputados Antonio Pereira (Estadual reeleito) e Hildo Rocha (Federal Eleito) por ter dado total apoio e tornar real o sonho dos moradores do povoado, sem deixar de fora os amigos Ribão e Lourinho, ambos moradores do povoado, ele deram apoio e não mediram esforços para a realização do festival. 

Fonte: Asscom da PMBJ.

Transporte era feito por balsa para outra margem do rio.

Compartilhe

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More